Bahia, 29 de Novembro de 2021
DESTAQUE

Baiano ganha medalha de ouro em competição nacional de profissões
Natural de Itanagra – município localizado a 130km de Salvador – Vinícius Simões ganhou o ouro para a Bahia das Competições Senac de Educação Profissional. Apaixonado por confeitaria desde pequeno, o jovem de 20 anos foi destaque na competição pela criatividade e técnica aplicada nos pratos. Agora o baiano vai representar o Brasil na WorldSkills, Torneio Internacional de Educação Profissional, que acontece em 2022, na cidade de Shanghai, na China.
Por: Ascom/ Senac
18/10/2021 - 08:16:44

Natural de Itanagra – município localizado a 130km de Salvador –  Vinícius Simões ganhou o ouro para a Bahia das Competições Senac de Educação Profissional. Apaixonado por confeitaria desde pequeno, o jovem de 20 anos foi destaque na competição pela criatividade e técnica aplicada nos pratos. Agora o baiano vai representar o Brasil na WorldSkills, Torneio Internacional de Educação Profissional, que acontece em 2022, na cidade de Shanghai, na China.

“Quando eu entrei na cozinha foi algo mágico. O cronômetro ligava e eu esquecia do mundo, era eu, o fogão, meu forno e minhas preparações”, conta Vinícius, que participou de 4 dias de prova. Ele precisou apresentar aos jurados um finger food, uma entrada, a releitura da salada panzanela, um prato principal à base de frango, um prato principal à base de filé mignon suíno e sobremesa com coco.

A preparação foi intensa, durante dois anos o baiano se preparou para competir e não parou de treinar nem na pandemia. O chef e treinador, João Victor Gomes, contou um pouco da rotina de estudos: “a competição não é só sobre fazer algo bem feito, é fazer bem feito e com agilidade – por isso nós treinávamos 8 horas todos os dias, tanto a parte teórica, quanto a parte prática, pegando referências nacionais e internacionais de avaliação”.

As atenções da dupla estão voltadas para conquistar o mundial – um ano divide Vinícius e João da WorldSkills Shanghai 2022.  Serão 53 países competindo na ocupação de cozinha. “Será a minha primeira vez saindo do país e será muito especial representar o Brasil, vamos trabalhar todos os dias, junto com a equipe do Senac Bahia e a Expert, Ana Loureiro, para trazer o primeiro lugar”, disse Vinícius.

A Bahia ainda tem outra chance de medalha de ouro, com Laís Carqueija, na ocupação de Serviço de Restaurante – a soteropolitana vai para o Espírito Santo no dia 27 de outubro competir com outros nove Estados.

Veja + Notícias/Geral