Bahia, 25 de Fevereiro de 2021
GILDAIR ALMEIDA

Executiva do PSD abrirá processo de expulsão do vereador Gildair Almeida, e poderá perder o mandato
A Executiva Municipal do PSD em Eunápolis, abrirá de forma imediata, processo de expulsão do vereador Gildair Almeida, fato que poderá culminar na perda do seu mandato, em razão de suas declarações através das redes sociais.
Por: A Gazeta Bahia
22/02/2021 - 07:24:08

A Executiva Municipal do PSD em Eunápolis, abrirá de forma imediata, processo de expulsão do vereador Gildair Almeida, fato que poderá culminar na perda do seu mandato, em razão de suas declarações através das redes sociais, onde ele confirma que vai apoiar outros candidatos a deputados apontados pela prefeita Cordélia Torres. Gildair cometeu erros. Com base nessas declarações, e por ferir o Estatuto do Partido, a Executiva do PSD, resolveu abrir processo disciplinar, uma vez que, o vereador foi eleito pelo partido, e sem nenhuma deliberação formal por parte da agremiação decidiu apoiar explicitamente quaisquer que sejam, candidatos de outras legendas, demonstrado dessa forma, total falta de sintonia com a linha partidária do PSD, partido pelo qual se elegeu, tendo total apoio da sigla e de suas lideranças locais.

É de conhecimento no meio político de Eunápolis, que Gildair no período eleitoral, encontrou dificuldades de se filiar, no entanto, recebeu total apoio do PSD.

O vereador comete infrações político partidário de grande relevância, pois tem vínculo com o partido. Vale ressaltar, que o mandato eletivo do vereador, pertence ao partido, e poderá ao final do processo, ser expulso da legenda e ter o seu mandato cassado.

Gildair deverá ser notificado esta semana, quando poderá apresentar a sua defesa.

O presidente do PSD, Ronivaldo Rodrigues disse, que a conduta do vereador, não foi apenas um apoio administrativo. Fato que seria compreensível. No entanto, ele declarou apoio político explícito, como político profissional, a futuros candidatos ligados às agremiações de oposição ao PSD.

Ouça o áudio do vereador Gildair:

Veja + Notícias/Geral